Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


No final do ano passado fui convidado pela organização do TEDx Matosinhos para apresentar uma Ted Talk baseada na minha experiência.

O tema das conferencias era What If, e o ponto de partida que me foi sugerido foi “e se eu me transformasse numa personagem de banda desenhada?

A partir desse ponto eu construí uma apresentação onde falo da minha visão do mundo e das plataformas tecnológicas que temos ao nosso dispor.

A preparação desta intervenção deu-me imenso gozo e no dia do TEDx fui muito (mesmo muito) feliz.

É claro que estava um bocado nervoso porque nunca tinha falado para uma plateia daquelas dimensões (o anfiteatro da Porto Business School estava completamente lotado), e ainda por cima com uma assistência que tinha pago para me/nos ouvir.

Mas a verdade é que adorei ter participado neste evento.

Agora o vídeo foi (finalmente) publicado e vocês têm a oportunidade de vir ver e ouvir.

Venham, são meus convidados...

Espero que gostem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:29


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Mulher de Saia a 18.11.2016 às 07:29

Muito divertido e uma mensagem muito positiva. Parabéns Pai das Crianças!
Imagem de perfil

De Fernando Caeiro a 18.11.2016 às 13:08

Obrigadíssimo.
Soube-me bem fazer aquilo
Imagem de perfil

De Joana Rita a 18.11.2016 às 08:36

obrigada pela partilha! :)
Imagem de perfil

De Fernando Caeiro a 18.11.2016 às 13:08

Eu é que agradeço a paciência para me ouvirem 15 minutos
Imagem de perfil

De mami a 18.11.2016 às 09:44

excelente apresentação! parabéns :)
Imagem de perfil

De Fernando Caeiro a 18.11.2016 às 13:13

Obrigado pela hipérbole
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 21.11.2016 às 09:43

E escreve "uma personagem" ao invés de "um personagem"....
Gostei! Força.
Imagem de perfil

De Fernando Caeiro a 21.11.2016 às 22:52

Confesso que sou um bocado informal no uso do Português, e sei que "personagem" é um substantivo que tanto pode ser masculino como feminino.
Mas tenho ideia de ter aprendido que era preferível usá-lo no feminino e ficou-me o hábito desde a escola.
Por acaso também costumo fazer a concordância quando agradeço.
Pode não estar correcto, mas se estiver a falar com uma rapariga, sai-me sempre "obrigada".
Ah, e obrigado pelo comentário elogioso :)
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 22.11.2016 às 09:06

Essa parte da "personagem" também foi um elogio. Aprendi sempre no feminino e o actual uso quase sempre no masculino fez-me perguntar a "quem sabe" e pelos vistos acho que ambos (e mais alguns) estamos no caminho certo. :-)

Comentar post



O LIVRO

Capa_OK


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D