Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Corrida TSF-1.jpg

  Obrigado pela foto, Sandra.

Neste sábado dei barraca, e da boa...

Estava todo animado para fazer a 3ª Corrida TSF Runners; tinha-a feito no ano passado e adorei.

O percurso é plano, numa zona de que gosto perto de minha casa e com guias para cada tempo que se pretenda fazer. Para tentar bater um record pessoal é excelente porque é “só” colarmo-nos ao bandeirinha do tempo que gostávamos de fazer e tentar aguentar a passada.

No ano passado fiz 49:01; na altura foi o meu melhor tempo e a primeira vez que corri 10km abaixo dos 50 minutos – fiquei mesmo contente.

Este ano ia tentar fazer 45 min. o que, sendo muito ambicioso, não me parecia completamente impossível.

Como tive que ir deixar os miúdos a casa dos avós, ia chegar quase em cima da partida mas já se sabe que quem tem 4 miúdos anda sempre a correr atrasado.

A corrida era às 17:30 e cheguei à zona de partida às 17:20 o que ainda me dava 10 minutos para uns alongamentos e um aquecimento muito breve.

FALSO!

Quando lá cheguei às 17:20 perguntaram-me se era dos 5 km e se já tinha acabado. Eu disse que não, que era dos 10 km e que ainda não tinha partido. E explicaram-me que a corrida tinha começado às 17:00 - eu tinha chegado 20 minutos atrasado à partida.

- Caramba, a sério?

A miúda da organização, amorosa, disse-me que sim, que que a corrida tinha começado há 20 minutos mas que se eu quisesse ainda podia fazer a prova.

- Ai é? Então vou!

Desviaram uma grade, eu liguei o cronómetro e arranquei feito tonto, sem aquecimento nem nada, como se fosse tentar apanhar alguém.

 A sensação foi estranhíssima porque corri quase sempre completamente sozinho. Parecia um daqueles filmes apocalípticos em que a cidade é destruída e só fica um sobrevivente: eu.

Sem ninguém que me ajudasse a controlar o ritmo, e com a sensação parva de que estava “atrasado”, fiz o 1º km demasiado rápido e cansei-me mais do que devia.

Depois abrandei um pouco e motivei-me porque por volta do 2º km comecei a ver pessoas ao fundo. Ultrapassei algumas, muito contente, e depois percebi que eram os mais atrasados dos 5 km e que deram a volta para trás uns metros depois.

Lá fiquei outra vez sozinho...

Entretanto começam a aparecer em sentido contrário os atletas dos 10 km que já tinham dado a volta; ao menos tinha companhia mas fazia-me sentir ainda mais estranho. Depois eles passaram voltei a ficar completamente sozinho, com a 24 de Julho toda por minha conta – uma desolação.

Como se não bastasse, as placas dos kms 4 e 5 tinham caído com o vento e fiquei sem referencias nenhumas para os tempos que estava a fazer.

Quando passava nos abastecimentos estava uma bateria de voluntários para um único atleta e fiquei com a ideia de que eles estavam a fazer apostas para ver a quem é que o “atrasado” levava a garrafa.

Levo sempre às miúdas, claro. E agradeço sempre.

Só ao km 6 é que percebi que estava em linha para fazer 50 minutos (se não baixasse o ritmo) e foi o que fiz. Já estava demasiado cansado e desorientado para outras ambições.

Foi a corrida mais estranha (para não dizer a mais tonta) da minha curta carreira.

Mas mesmo atrasado, fiz o que pude para não envergonhar a minha camisola amarela de Vicente.

Acabei no minuto 49 mas comecei tão atrasado que no site da TSF nem aparece o meu tempo.

O povo diz e com razão: o que nasce torto, tarde ou nunca se endireita.

Mas sabem que mais?

Adoro a corrida da TSF e adoro correr com a minha amarelinha.

Quando se corre com a camisola dos Vicentes nunca se está completamente sozinho...

E para o ano há mais...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:30


9 comentários

Imagem de perfil

De marrocoseodestino a 17.05.2016 às 10:00

Estou aqui a pensar se não dá para pedir uma indemnização? Afinal a corrida estava marcada para as 17,30 e começou mais cedo.
Ah parabéns.
Eu iria precisar um dia inteiro para fazer esses quilómetros

Imagem de perfil

De Fernando Caeiro a 17.05.2016 às 14:07

A corrida estava mesmo marcada para as 17h, eu é que estava convencido que era meia hora mais tarde.
Eu costumo chegar sempre em cima da hora e desta vez também consegui - a "hora" é que estava errada...
Imagem de perfil

De Tea a 17.05.2016 às 10:13

Foi corsjoso da sua parte mesmo assim ir correr. Eu acho wue não fazia a prova se soubesse que já tinha começado há 20 min.
Imagem de perfil

De Fernando Caeiro a 17.05.2016 às 14:11

Também o fiz para vencer a sensação de "ridículo" de estar para ali a correr sozinho e saber que ia ser o último.
Mas soube bem ter conseguido lixar-me para a auto-estima e não me importar de fazer a figurinha :-)
Sem imagem de perfil

De Luis Chines a 18.05.2016 às 14:54

Mto bom, ainda bem que não foi no dia da mudança de hora :)
Imagem de perfil

De Fernando Caeiro a 18.05.2016 às 17:41

Se tivesse sido uma hora para trás até me tinha dado jeito
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.05.2016 às 09:48

Admiro brutalmente essa força de vontade! mesmo!
beijoca
Sem imagem de perfil

De Catarina (a minderica) a 20.05.2016 às 09:49

Ó pá, não sou nada anónima, sou eu, a minderica :-)
Imagem de perfil

De Fernando Caeiro a 20.05.2016 às 14:10

Temos que olhar para as estradas como os alpinistas olham para as montanhas.
Se ela está lá, é preciso "fazê-la" :-)

Comentar post



O LIVRO

Capa_OK


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D