Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Na "ressaca" do Dia Internacional da Mulher,  partilho convosco uma história linda ocorrida há uns dias.

O Brunei é um estado soberano que ocupa uma pequena parte da ilha do Bornéu (que divide com territórios da Malásia e da Indonésia).

É um pequeno estado islâmico, com pouco mais de 400.000 habitantes, daqueles que teve a sorte de ter nascido em cima de jazidas de petróleo e gás natural, o que lhe permite ter um dos mais elevados PIB per capita do mundo.

E este pequeno país muçulmano escolheu uma forma muito subtil, mas genial, de comemorar o seu Dia Nacional a 23 de fevereiro.

Andou à procura de mulheres pilotos nos quadros das suas linhas aéreas, a Royal Air Brunei, e criou a primeira tripulação de pilotos exclusivamente feminina da companhia.

Depois colocou-a aos comandos de um Boeing 787 num voo com destino a Jeddah na Arábia Saudita.

Female-Flight-Deck-royal-brunei.jpeg

Sim, é mesmo isso que vocês estão a pensar: o Brunei mandou um avião pilotado por mulheres para aterrar num País onde as mulheres estão impedidas de conduzir um carro.

 

Porra pá, isto é que é diplomacia!!!

Brunei 1 – Suécia 0

 

Já agora, se quiserem façam like nesta página que promove uma campanha pelo direito das mulheres sauditas a conduzir.

 

(link da notícia original aqui)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:16


O LIVRO

Capa_OK

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D