Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Vampiros.jpg

Reza a lenda que o escritor Jorge Luís Borges continuou a pedir aos amigos para lhe oferecerem livros, mesmo depois de ficar cego; dizia que continuava a sentir o prazer táctil de os manusear.

Vem isto a propósito da edição de Vampiros, a novela gráfica com argumento de Filipe Melo e ilustrações de Juan Cavia.

A história passa-se na Guiné em ’72, em plena guerra colonial, e tem todos os ingredientes possíveis: suspense, humor, sonho, realidade, esperança, tragédia, violência e companheirismo.

E é uma obra prima de ilustração.

Foi por isso que me lembrei da história do Jorge Luís Borges gostar de mexer em livros mesmo estado cego: este livro não é só para ler, é para ter e para mexer.

O prazer de o manusear, de lhe sentir o peso e as texturas, complementa o espanto que é lê-lo.

Absoluto colosso!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:08



O LIVRO

Capa_OK


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D