Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Desta vez não me apeteceu ficar quieto.

Há uns dias vi um vídeo que me comoveu: era a apresentação do projeto Las batas más fuertes da revista espanhola Panenka.

Resumidamente, eles pegam em camisolas de futebol e transformam-nas em batas hospitalares para crianças internadas – nada mais simples, mas ao mesmo tempo nada mais impactante para uma criança - achei genial.

Vi, cliquei no like, mas fiquei a pensar... e se em vez de me ficar pelo like ou pela partilha, tentasse reproduzir esta ideia em Portugal?

Passei estes dias com a cabeça a fervilhar...

Primeiro criei um projeto gráfico para sustentar a iniciativa, e depois contactei os promotores da ideia original em Espanha para os informar do meu interesse em replicar o conceito, e para pedir autorização para traduzir, legendar e adaptar o seu vídeo – o que foi aceite.

Com o trabalho de casa feito, pedi aos amigos para que me conseguissem encontrar os contactos das pessoas que, dentro dos clubes e da Federação, estivessem perto de lugares de decisão. Queria evitar estar a enviar e-mails para as caixas do "geral@..." sob pena de andar ali às voltas sem rumo ou de ir parar a uma qualquer caixa de spam.

Os e-mails com o pdf da apresentação do projecto e o link do vídeo já seguiram para os destinatários certos, e como a iniciativa é boa e solidária, a adesão tem sido entusiasmante.

Na próxima semana já tenho agendada uma reunião com o presidente da Fundação de um dos “Grandes” e aguardo ansiosamente por respostas ou desenvolvimentos dos outros parceiros.

Para além disso tudo, ando feliz por ter quebrado a barreira da indiferença, por ter arregaçado as mangas e ter começado a “fazer alguma coisa”.

Não sei como isto vai acabar, mas sei que posso ter ajudado a começar algo.

Ser ativamente solidário é um pouco como quando começamos a fazer algum desporto; só o facto de abandonarmos o sedentarismo já é uma vitória pessoal.

Se quiserem ajudar a divulgar esta ideia, podem sempre partilhar o link do vídeo do youtube - quanto mais viral se tornar, mais fácil será persuadir parceiros e/ou patrocinadores a abraçarem esta ideia.

E se quiserem aceder à apresentaçáo do projecto, está aqui: Esta Bata Tem Poderes.pdf

Não é para me gabar, mas acho que ficou linda...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:49


O LIVRO

Capa_OK

Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D