Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


 

BdC-cartoon.jpg

Não haverá por aí muita gente que goste menos do Bruno de Carvalho do que eu (como facilmente se percebe pelo texto que escrevi aqui).

Ainda assim, e independentemente do resultado das investigações e dos processos em curso, não gosto nada da imagem de uma “justiça” que se parece pôr em bicos de pés para dar nas vistas. Bruno de Carvalho já tinha afirmado a sua disponibilidade para ser interrogado onde e quando as autoridades judiciais quisessem.

Prendê-lo num domingo à tarde para ser ouvido dois dias depois é algo que para mim não faz sentido, a menos que seja explicado.

Fez-me lembrar a prisão do Paulo Pedroso há uns anos em directo em plena AR; na altura pareceu que o principal objectivo era mostrar o magistrado justiceiro quando seria perfeitamente possível levar o suspeito a depor e/ou prendê-lo sem aquele circo em direto nas televisões.

Desta vez, ou existia a suspeita fundada de que BdC poderia fugir do pais ontem à noite ou então poderia ser intimado a depor hoje (ou detido para interrogatório) - tudo o resto é excesso para consumo mediático que pouco enobrece a justiça.

E muito honestamente, a última coisa que me apetecia era que a figura mais sinistra da história do meu clube (e uma das mais sinistras da história recente do meu país) aparecesse agora no papel de “vitima”...

 

P.S. penso que o cartoon é  do Henrique Monteiro, aqui do sapo - eu só acrescentei as grades...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:25


20 comentários

Imagem de perfil

De Etan Cohen a 13.11.2018 às 12:39

Caro senhor:
Teria Vossa Excelência razão se, por acaso, não houvessem razões jurídicas, fundadas no primado da Lei, aprovada na AR, que permite esta situação da detenção para primeiro interrogatório, se bem que se trata de algo excecional, mas que é totalmente legal…e não uns bitaites com que certas pessoas costumam inundar as televisões nas horas subsequentes à prisão de alguém mais ou menos "Notável".
Já agora, aqui há dias tive um sonho...
E nesse sonho vi que uns rapazes tresloucados, quiçá estimulados por uns químicos, invadiram o centro do SCP em Alcochete, foram detidos e trazidos à presença do juiz e toda a comunicação social pode ver, e nós também, os homens algemados; e nesse sonho vi também uma Rosa e um António Joaquim diminuídos e humilhados com umas algemas e estas imagens continuam a passar ininterruptamente no CM e não vejo ninguém indignado com isso!
E vi, ou queria ver, um notável algemado, um ex primeiro ministro, um ex ministro, uma pessoa de relevância social, política ou económica, por exemplo um ex presidente de um clube, ou até um presidente de um clube, Pinto da Costa que nesse meu sonho surge à porta do DCIAP, mas eu queria ver um outro presidente de um grande, que toda a gente diz que foi constituído arguido, tal como o presidente do FCPorto, e que nunca viu tal, nem à entrada, nem à saída de um tribunal…
Ora, caríssimo, por onde é que tem andado quando são presas pessoas sem relevância social, política ou económica, e sem um advogado digno desse nome que não se indigne e responda com firmeza e repulsa aos policias e recuse aquela tratamento ao seu cliente, até para que o primado da presunção da inocência se mantenha naquela fase e tenha realmente sentido, e as televisões nos servem, como faustosa refeição, estas imagens que chegam às nossas casas, e às casas dos familiares mais próximos dos detidos? Indigna-se com a detenção do Bruno de Carvalho? Ora, eu indigno-me com a sua detenção e lamento-a profundamente, até pelas consequências que pode ter para o clube, mas indigno-me sempre que vejo pessoas algemadas que são conduzidas aos tribunais e cujas imagens são transmitidas em direto e não vejo ninguém indignado com tal!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.11.2018 às 14:25

Está tudo muito bem explicado. Só não percebo como é que, sendo tudo tão secretamente feito para que o criminoso ou indiciado como tal não fuja, toda a imprensa e tv está no preciso local para transmitir e dar a conhecer tudo quanto é tão secreto.Cá para mim, são os secretos que se e que são bem bons (in ERA UMA VEZ O PAÍS DO FAZ DE CONTA, um livro que se anda a escrever e que nunca mais acaba).
Imagem de perfil

De Fernando Caeiro a 13.11.2018 às 15:17

O texto era sobre a detenção do Bruno de Carvalho; queria que escrevesse um texto sobre todas e cada uma das pessoas que foram detidas em Portugal nos últimos 6 meses?!?
Existe (e tem que existir) um campo amplo para a discricionariedade na aplicação deste tipo de medidas e esta detenção tem evidentemente suporte legal; o que não quer dizer que eu concorde com a moralidade da mesma.
A Assunção Esteves poder reformar-se antes dos 50 anos com 7.500€ de reforma também é legal.
Os deputados poderem dar moradas falsas para receberem subsídios de deslocação também é legal.
A prescrição dos crimes de quem tem dinheiro para pagar bons advogados para levantar incidentes processuais e pagar recursos intermináveis para tribunais superiores também é legal.
Existe uma diferença entre legalidade (que é mais objectiva) e moralidade (que é mais subjectiva).
O texto foi escrito no pressuposto de que quem lê percebe a diferença entre os dois conceitos.
Sem imagem de perfil

De Vigia Coelhos a 13.11.2018 às 17:51

Pois é, mas, há quem não entenda um pressuposto.
Assim como há quem seja convocado para prestação de depoimento por várias vezes e se refugie no Hospital da CUF, com amnésia.
A esse labrego ninguém o foi buscar a casa!
Perfil Facebook

De Eduardo Pereira a 13.11.2018 às 14:29

O "mega processo" do Benfica chegou à comunicação social e houve uma cobertura que teve princípio, meio e fim, quando havia (e há) muitas coisas para esclarecer. O BdC está detido e parado (apenas se move para comer e defecar julgo eu) e no entanto, está-se a falar disto há dias seguidos! é impressionante a desproporção das coberturas! gritante!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.11.2018 às 18:38

Não há "mega processo" do Benfica.

Existiu uma violação de correspondência que foi despejada na internet estando a justiça (além do Porto canal em parceria com o Sporting) a esforçar-se desalmadamente há meses para tentar transformar em crime ou num crime maior do que realmente existe.
Imagem de perfil

De Sarin a 13.11.2018 às 21:49

O que apenas comprovaria que quem tudo faz para aparecer nas capas de jornais acaba por ficar nas capas dos jornais, mesmo que já não aprecie a exposição.


Mas não é bem assim: o "mega-processo" do Benfica, como lhe chama, está a ter reviravoltas inesperadas para muita gente que não era suposto aparecer relacionada com o "mega-processo", e daí a diferença de tratamento.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.11.2018 às 16:10

...mas os serviços só podem funcionar de 2ª a 6ª feira nas horas de expediente???? Fazer uma detenção enquadra-se nisto?? Não é um almoço nem uma ida ao cinema nem reunião de negócios....
Sem imagem de perfil

De singulari alentejanus a 13.11.2018 às 16:10

Quando BC voluntariamente se disponibilizou para esclarecimentos no DIAP sem ter sido convocado para tal, demonstrou toda a sua cumplicidade no processo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.11.2018 às 20:57

Acabo de ler o seu texto e concordo plenamente com o mesmo , ainda assim discordo ligeiramente do escrito sobre o consulado do Bruno de Carvalho , não só foi terrível a forma de despedimento do Marco Silva como o foram os resultados , com investimentos infinitamente superiores , ainda me lembro do conselho ao treinador agora no Everton , para ir à equipa B buscar reforços , ganhou-se em 3 anos uma Supertaça e uma taça da cerveja . Ah , e pagamos 10 x mais ao Jesus do que ao Marco . P.S.- E há 9 meses tivemos uma ass. geral em que 90% dos sócios , muitos dos que agora dizem que o homem é louco , votaram nas propostas fascistas dele e até bater na imprensa queriam bater.
Imagem de perfil

De Sarin a 13.11.2018 às 21:42

O agora arguido não o era aquando da sua disponibilização para prestar depoimento.

A Justiça pergunta quando entende reunir condições para perguntar, não exactamente quando uma pessoa relacionada com um caso se oferece para prestar esclarecimentos. Por outro lado, oferecer-se publicamente para prestar declarações num processo em que se é pessoa directamente envolvida apenas visa angariar publicidade positiva - e aparentemente funciona junto de algum público.

As circunstâncias alteram-se, e casos há em que os suspeitos têm uma postura colaborante apenas no início - não significa que seja o caso, mas existe a possibilidade.


Relembro ainda que foram efectuadas buscas e detenções simultâneas. Será legítimo supôr que os dados necessários para obter um mandado foram apurados recentemente, e que a simultaneidade não foi fruto do acaso.
Imagem de perfil

De Fernando Caeiro a 14.11.2018 às 12:40

Tens razão em tudo o que escreves.
A ide dele ao DCIAP para ser ouvido sem ser chamado é uma infantilidade quase caricata.
Não se pede para falar com um magistrado no âmbito de uma investigação como quem vai à escola do filho pedir para falar com o Director de Turma...
Ainda assim pergunto-me se não seria possível notificá-lo e ouvi-lo noutros moldes, e emitir o mandato de busca para que as diligências fossem feitas.
O que permitiria que o visado não aparecesse agora aos olhos de muita opinião pública como vítima de um excesso de zelo por parte das autoridades judiciais (logo ele que andou anos a pregar a violência...).
Imagem de perfil

De Sarin a 14.11.2018 às 14:29

Essa vitimização surgiria sempre, quer pela personalidade do envolvido quer pela exposição que sempre fez questão de ter.
Muitos adeptos do Sporting estarão incomodados por ter sido em dia de jogo, à noite, Domingo. Mas a detenção (ambas, aliás) deu-se na sequência das buscas, e estas ocorreram simultaneamente na Casinha - que em dia de jogo estará mais concorrida e, portanto, exposta.

Calculo - mas isto é conjectura minha - que num dia de jogo, e passado este tempo, os agora arguidos estariam bem mais confiantes e, por isso, descuidados, sendo mais genuínos nas reacções.
O risco de fuga não é o único motivo para detenção provisória - e a detenção de um sem o outro teria, eventualmente, dado tempo ao que o não fosse para reorganizar discurso perante novos dados.

A Justiça, com todas as suas falhas, tem efectivamente agentes que gostam do aparato da comunicação social; mas há ou pode haver muitos mais motivos, e todos lógicos e sustentados por várias ciências sociais e forenses.
A CS, como sabe, gosta de cachas e adora parangonas - e se não fosse "BdC detido a um Domingo" seria outro sensacionalismo qualquer do género; afinal, "violentos ataques de Alcochete" levanta logo duas questões: haverá ataque sem violência? qual a escala de violência que usam para adjectivar bombardeamentos, por exemplo? Isto para dizer que, se a detenção tivesse ocorrido a uma Segunda-Feira, provavelmente surgiria algures um "Justiça faz pausa ao fim-de-semana"... há quem viva disto, de apelar à emoção para vender. Tecnicamente, deveriam ser apenas os romances de cordel ;)
Perfil Facebook

De Francisco Santamaria a 14.11.2018 às 10:50

O CRÁPULA, ESTÁ, ALOJADO NUMA UNIDADE HOTELEIRA DO MONTIJO.
No domingo, ao final da tarde, recebeu, enviado com muito amor e carinho, toda a simpatia, com os cumprimentos de LFV, um voucher, que incluia gratuitamente, a viagem, estadia e alimentação, no Montijo, com pensão completa, por tempo indeterminado.
ALELUIA!
Imagem de perfil

De Pedro Neves a 13.12.2018 às 10:21

Bom dia Fernando,
peço desculpa pelo comentário não estar relacionado com o post, mas posso sugerir uma alteração ao tipo de letra do blog? A "Lato Light" (o tipo de letra em uso) diminui um pouco a legibilidade do texto, e deixámos entretanto de utilizá-la (mas ainda está disponível nos templates mais antigos, como é o caso do que está instalado no blog). Se não se importar, podemos alterar o tipo de letra para uma versão mais legível da "Lato" (menos "Light").
Imagem de perfil

De Fernando Caeiro a 13.12.2018 às 11:01

Obrigadíssimo pelo alerta/sugestão.
Vou ver se o consigo fazer; caso contrário peço ajuda, ok?
Obrigado!
Imagem de perfil

De Pedro Neves a 13.12.2018 às 11:04

Fernando, consigo mudar isso facilmente, com uma definição de HTML. Basta avisar se quiser essa ajuda.
Imagem de perfil

De Fernando Caeiro a 13.12.2018 às 11:06

Já vi que escrevi um comentário a mais :-)
Agradeço então que façam a alteração.
Obrigadíssimo mais uma vez.
Imagem de perfil

De Pedro Neves a 13.12.2018 às 11:17

Fernando, já está. Alterei o tipo de letra para uma versão menos fina da "Lato" (coloquei uma definição na página CSS do blog que instala este tipo de letra, visto que não está disponível na página Personalização) e aumentei ligeiramente os tamanhos. O texto parece-me ter ganho muita legibilidade, mas se achar demasiado, posso reajustar para os valores anteriores.
Imagem de perfil

De Fernando Caeiro a 13.12.2018 às 11:05

Só encontrei uma "lato hairlight" que me parece ainda mais fina e com menos leitura.
Será que a "lato" sem ser light não está disponível no "meu" template?
Vocês conseguem mudar ou devo escolher uma das fontes disponíveis no meu campo de edição?

Comentar post



O LIVRO

Capa_OK

Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D