Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Captura de ecrã 2019-01-07, às 13.34.48.png

É a polemicazinha do dia: o Presidente da República ligou em direto para o programa da Cristina Ferreira para lhe desejar sucesso nesta nova etapa da sua vida e logo apareceram os críticos a malhar no Presidente por ter “descido” ao submundo cor-de-rosa e/ou superficial dos programas da manhã.

Não me parece contudo que Marcelo Rebelo de Sousa seja um tipo de pessoa que faça (muitas) coisas por acaso...

 

Na semana passada assistimos ao espetáculo grotesco de ver Manuel Luís Goucha, um homossexual assumido, convidar o líder dos skinheads para lhe dar palco e tempo de antena no seu programa.

Um convite a Mário Machado seria sempre abjecto; mas ser alguém que faz parte de uma minoria a oferece a sua “casa” para promover um convidado condenado e cadastrado por violência extrema contra minorias é o patamar zero da dignidade humana.

O programa do Goucha causou a polémica que ele pretendia, as redes sociais incendiaram-se e até já circula uma carta aberta “exigindo” uma condenação por parte das mais altas figuras do Estado.

 

É aqui que entra o tacticismo soft-power do prof. Marcelo e na primeira oportunidade que teve tomou a sua posição enquanto cidadão - ligou à antiga colega do Goucha (e sua nova concorrente) para lhe desejar publicamente sorte neste seu novo projeto.

Acredito que o prof. Marcelo goste genuinamente da Cristina Ferreira (eu cá gosto!) mas se quisesse incentivar a sua amiga, qualquer telefonema ou sms noutra altura cumpririam esse propósito.

Se o fez de forma pública foi porque quis marcar, publicamente, uma posição.

Não meus amigos, não acho que o Presidente da República tenha descido ao planeta cor-de-rosa dos programas da manhã para se misturar com cantores pimba e especialistas em tarot - acho que o Presidente da República deu publicamente uma chapada (de luva branca) na insalubre descida ao esgoto da imoralidade e da violência em busca de audiências a qualquer preço protagonizado pelo Goucha.

O Presidente mostrou que, para ele, não vale tudo para se ter sucesso.

 

Esta "leitura" pode ser excesso de optimismo da minha parte mas ainda assim, pela minha parte, obrigado pelo seu gesto Sr. Presidente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:40


12 comentários

Imagem de perfil

De Alfa a 07.01.2019 às 18:30

Não vejo nenhum dos programas, salvo quando visito a tia do meu marido.Preconceitos à parte os programas não me dizem nada. Concordo com o que diz, embora pessoalmente não seja grande fã da Cristina reconheço-lhe genuinidade.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.01.2019 às 10:19

Marcelo e o seu populismo, que tanto critica, no seu melhor … !!! mas afinal elegemos um PR ou um entreteineur que interrompe o seu trabalho para interferir em programas de TV. Esperemos que a moda não pegue e que Marcelo não continue a interromper programas de TV jogos de futebol (e porque não ?), programas de culinária (e porque não ?) porque o ridículo "mata" e descredibiliza a função. Marcelo enxerga-te e vê-te ao espelho.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.01.2019 às 10:40

Tantos problemas no nosso país e o PR interrompe uma reunião para telefonar a uma apresentadora de televisão... Ninguém tira o valor à senhora, mas não aceito que seja motivo para um chefe de estado perder o seu tempo, com ela. Enviava-lhe um SMS, telefonava-lhe antes, nunca em direto, com estas "aldrabices" mascaram-se outras.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.01.2019 às 21:19

E porque não? Vai passar horas a entreter milhares de pessoas do país ao qual ele preside. Para muitas delas a única companhia é a TV. Também foi uma pessoa muito criticada nos últimos tempos. Sinceramente, não sei se me incomoda mais o PR ligar para um programa ou todas as pessoas que depois criticam ele ter ligado. Este é um país de crítica fácil.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.01.2019 às 11:20

Não vi o programa, bem como tb não vi o outro do Goucha, não me identifico com esse tipo de programas ! Acho que o Presidente, se quisesse dar apoio ou votos de boa sorte o devia ter feito de forma privada, pois é um gesto pessoal, bem como, se quisesse criticar o programa de Goucha o devia fazer da mesma maneira.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.01.2019 às 12:58

Estou contigo!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.01.2019 às 13:15

Lamento muito que esteja a fazer o mesmo jogo. Afinal o seu artigo é um aproveitamento das situações lamentáveis que refere. Não vale tudo na guerra das audiências nem na forma de ser exercer funções de estado. O Marcelo devia ser mais comedido e não contribuir para programas populistas. Deve intervir sim para acabar com os excessos e crimes contra a democracia.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.01.2019 às 13:20

Que bocejo...fiquei realmente informada do mundo e da realidade
Sem imagem de perfil

De José a 08.01.2019 às 14:15

Mas, há alguém com mínimo de formação que veja estas porcarias? Eu nem sabia que iria começar mais um programa deste tipo, felizmente, há mais canais se quiser perder tempo com televisão. Não admira que este país esteja como está. Bolas é grave! Quanto ao PR o que vi nas notícias é o costume. Foi meu professor, já o conheço há mais de 30 anos, nem de perto foi o melhor professor que tive, já nessa altura, chegou a entrar nas aulas com câmaras atrás. Será difícil encontrar quem promova tanto o seu "marketing" pessoal em Portugal. Parece feio e muito, mas mesmo muito mau, ao nível da parolada que gosta é ver barulho e "espectáculo", a esse nível este país não sai da cepa torta. A um Presidente da República pede-se mais contenção, não que seja um bloco granítico, mas não pode de algum modo cair em situações ridículas como vi ontem no telejornal, podia muito bem ter ligado como amigo que diz ser (como amigo, só lhe fica bem, apesar de haver por aí milhões de portugueses com muito mais mérito, quase de certeza mas ao abandono e desprezados, a esse nunca vemos amigos deste "calibre") mas de forma mais discreta . Fala ele do populismo dos outros.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.01.2019 às 14:51

Penso ser um pouco de demais um Presidente da República ligar para um programa em direto. Parece-me um pouco de show-off.Deveria ter sido em privado. Mas nada é por acaso! As audiencias agora são boas mas penso que daqui a uns meses as pessoas vão cansar-se e irão descer.Este tipo de programas reflecte a mentalidade do povo Portugues. Só desgraças e sentamentalismos! Nada muito complicado que faça pensar um pouco ! São este tipo de programas,novelas e futebol que o povo quer!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.01.2019 às 17:04

É certamente o Presidente dos afectos, e por isso tem o meu apreço. Mas é preciso mais, e recordo que Cavaco e Silva, no seu papel de guardião da soberania, achou suficientemente grave e por isso veio à televisão por um ponto obscuro na autonomia dos Açores: em contrapartida, este nosso Presidente permitiu sem uma única palavra que subscrevessemos o Pacto dos Migrantes assinado em Marraquexe, atentatório - entre vários pontos - à Constituição da República Portuguesa, designadamente por nos comprometermos a abdicar a soberania das nossas fronteiras, por política migratória, a uma potência exterior. Votarei no partido que tiver a coragem de vir explicar aos portugueses o que foi assinado.

Comentar post


Pág. 1/2



O LIVRO

Capa_OK

Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D